Os búfalos da Ilha do Marajó, no Pará

Dois búfalos para cada habitante. Assim é na Ilha do Marajó, dona do maior rebanho desses animais no Brasil – são cerca de 600 mil. Localizada na foz do Rio Amazonas, no Pará, Marajó é a maior ilha fluvio-marítima do mundo. Ou seja, a maior ilha banhada por águas de rios e do mar do planeta.

Com pouco mais de 200 mil habitantes e quase o mesmo tamanho que países como Suíça e Dinamarca, visitar o Marajó é fácil. Basta pegar um voo para Belém, capital do Pará, que também tem seus encantos. Depois de uns dias na cidade, pegue uma lancha para o Marajó. Duas horas navegando por rios amazônicos e você chegará num lugar incrível, que já foi descoberto por estrangeiros, mas que ainda não entrou no mapa turístico do brasileiro. Pelo menos não do jeito que merece.

Vai viajar? Ache passagens baratas para Belém, no Kayak

Ilha do Marajó, Pará

A capital turística da ilha é Soure. Desembarquei na hora do almoço, quanto o comércio fecha e as ruas ficam vazias. Se não vi muitas pessoas, pelo menos dei de cara com alguns búfalos. Não faltam versões para explicar como os búfalos, originários da Ásia, chegaram à Amazônia. A mais conhecida delas garante que tudo começou no fim do século 19, quando um navio que vinha da Índia e seguia para a Guiana naufragou perto do Marajó.

Ilha do Marajó, Pará

Alguns animais sobreviveram, nadaram até a Ilha, se adaptaram ao clima local e resolveram ficar por lá mesmo, de boa na Amazônia. Ao perceber a utilidade dos bichos, fazendeiros resolveram importar mais búfalos. Hoje, eles estão presentes em várias fazendas da região e fornecem dois dos pilares da culinária marajoara: a carne e o queijo do Marajó. O último é vendido em toda a cidade, inclusive no porto, na hora que os turistas se preparam para ir embora. Um conselho: leve uma boa quantidade com você. Vale a pena.

O filé marajoara é justamente a junção da carne com o queijo de búfala. O prato típico do Marajó pode ser encontrado em qualquer restaurante de Soure. Mas a presença dos búfalos na vida da ilha vai muito além da alimentação e dos campos das grandes fazendas. Eles estão nas ruas, nas casas das pessoas e até no serviço público.

Ilha do Marajó, Pará

No Marajó, a Polícia não monta em cavalos, mas em búfalos. E usa os animais para patrulhar as cidades e até, acredite se quiser, perseguir suspeitos. Numa reportagem da Folha de São Paulo, um policial comentou: “O fato de ser um sujeito montado num búfalo me torna mais abordável, facilitando um pouco meu trabalho”. Na época da reportagem, o 8° Batalhão Policial, em Soure, contava com 10 búfalos. A delegacia tinha até um curral anexo.

Eu bem que queria dar de cara com polícias e seus búfalos, mas não testemunhei a cena. Por outro lado, a coleta de lixo também é feita com o auxílio dos bichos, que são usados como montaria pela população local.

Ilha do Marajó, Pará

Mas o Marajó é muito mais que búfalos, claro. Praias lindas, fluviais e marítimas, manguezais, e passeios pelas fazendas da região são outros dos programas básicos da ilha, que já serviu de cenário para gravações de novelas, filmes e até de um reality show de aventura, anos atrás.

Com três dias é possível conhecer as atrações de Soure e da cidade vizinha, Salvaterra. Mas não é problema ficar mais, passeando calmamente pelas ruas de Marajó, bem à moda dos búfalos.

O post Os búfalos da Ilha do Marajó, no Pará apareceu primeiro em 360meridianos.

360meridianos

Florianópolis: Dicas para aproveitar a Ilha da Magia

Moro em Florianópolis há mais de 3 anos. E neste tempo consegui reunir muitas dicas interessantes sobre a Ilha da Magia! Com a ajuda da nossa colaboradora Mariane Barbosa, que também mora em Florianópolis, as dicas ficaram ainda melhores. Por isso, reuni todas elas aqui neste post para facilitar a sua pesquisa e deixar a sua viagem ainda melhor :) […]

The post Florianópolis: Dicas para aproveitar a Ilha da Magia appeared first on Viagem e Viagens.

Viagem e Viagens

Há vagas para professor em ilha do Reino Unido

É professor, está em busca de novas oportunidades de trabalho e curte se aventurar em viagens pelo mundo? Já ouviu falar da ilha de Tristão da Cunha? Há vagas! Tristão da Cunha é a ilha povoada mais remota do mundo, localizada  entre a América do Sul e a África, no sul do Oceano Atlântico. No…

O post Há vagas para professor em ilha do Reino Unido apareceu primeiro em Rodando Pelo Mundo.

Rodando Pelo Mundo