Quanto custa viajar para o Atacama

O deserto mais seco do mundo é também um grande sonho para muita gente. Com paisagens de deixar qualquer um de boca aberta, o Atacama ocupa uma grande porção de terra que vai do sul do Peru ao norte do Chile, alcançando ainda o sudoeste da Bolívia. Então, se você está planejando vir para cá e quer saber quanto custa viajar para o Atacama, anote os preços que levantei durante a minha viagem e monte o seu orçamento.

Mas antes você precisa saber que nessa terra onde em alguns lugares não chove há mais de 23 milhões de anos, o ponto de partida para os principais passeios é San Pedro de Atacama, uma pequena cidade chilena que triplica de tamanho na alta estação, entre dezembro e janeiro.

Para começar nossa conversa a principal dica é não se iludir com o câmbio chileno. Embora aparentemente os valores sejam inferiores aos do Brasil, na hora de converter você poderá ter um infarto. Para ter uma ideia, um dos passeios mais baratos de daqui custa CLP 8.000, o que em reais no dia de hoje seria R$ 45,63. Para consultar o câmbio atualizado é só acessar a página do Banco Central.

Transporte

A passagem aérea pode pesar no seu bolso, então o ideal é aproveitar uma promoção para sair lucrando alguns reais. O aeroporto mais próximo de San Pedro de Atacama fica na cidade de Calama, a pouco mais de 100 quilômetros. Um tíquete saindo do aeroporto de Guarulhos para cá custa em média USD$ 350, e a passagem de ônibus na Pulmann Bus de Calama para San Pedro de Atacama custa CLP 8.900.

Outra opção é voar até Santiago e seguir a viagem de ônibus, mas se prepare porque são mais de 1.600 quilômetros, o que para quem está com pouco tempo não vale a pena. A Tur Bus tem partidas de Santiago para San Pedro de Atacama com passagens que custam entre CLP 23.800 e 45.000.

Um roteiro muito bacana e que lhe dará uma visão mais completa dessa região é conciliar San Pedro de Atacama com uma jornada de três dias pelo Salar de Uyuni, na Bolívia. Os detalhes dessa viagem eu conto no post Viagem de três dias pelo Salar de Uyuni.

Quanto custa viajar para o Atacama

A van que me levou até o Vale de la Luna, um dos passeios mais baratos do Atacama.

Quanto custa viajar para o Atacama

Ficar no Centro é ideal, pois é aqui que estão as agências, os restaurantes, os bares. Enfim, tudo.

Hospedagem

A regra número um para economizar com hospedagem em San Pedro de Atacama se chama antecedência. A cidade tem muitas opções baratas, mas como viajantes do mundo inteiro desejam esse lugar, se você deixar para fazer a reserva em cima da hora é provável que pague caro ou que fique mais afastado do Centro.

Veja aqui a lista dos hostels mais baratos de San Pedro de Atacama.

Eu me hospedei no Hotel San Pedro de Atacama. Ele fica no Centro e é ideal para quem deseja descansar depois de se aventurar pelo deserto. Com quartos muito confortáveis, o hotel tem piscina e um farto café da manhã. Negociando, consegui baixar o custo da diária para USD$ 100 em quarto triplo. Foi a melhor escolha.

Quanto custa viajar para o Atacama

A piscina do hotel San Pedro de Atacama.

Alimentação

Comer em San Pedro de Atacama é fácil e barato. Sim, se você quiser pagar caro as opções estarão lá, mas para quem prefere não exagerar há opções de café da manhã custando CLP 2.000 a CLP 4.000. Um almoço bem servido tem preços entre CLP 4.000 e 12.000. O jantar mais econômico que achei custou CLP 4.500, mas há opções que chegam facilmente aos CLP 15.000.

Atrações turísticas

Esse é o item que fará seu dinheiro evaporar feito água no deserto. Como escrevi no começo desse texto, o passeio mais barato de San Pedro de Atacama, o que nos leva ao Vale de la Luna, custa CLP 8.000. Para ir à Laguna Cejar você precisa pagar CLP 10.000, e às Lagunas Altiplanicas CLP 20.000.

O passeio até o Termas de Puritama custa CLP 19.000 (incluindo a entrada) e um tour até os Geisers del Tatio custa CLP 15.000. O aluguel de uma bicicleta por seis horas custa CLP 3.000.

Os detalhes dos passeios que eu fiz no Atacama estão no post O que fazer em San Pedro de Atacama.

Quanto custa viajar para o Atacama

O Valle de la Luna.

Quanto custa viajar para o Atacama

Uma das piscinas do Termas de Puritama.

Quanto custa viajar para o Atacama

O passeio de bicicleta pelo deserto é uma das atividades mais legais que fiz por aqui.

Quanto custa viajar para o Atacama

Um complicador de San Pedro de Atacama é que as atrações turísticas ficam longe da cidade, então você acaba ficando refém das agências locais que praticamente têm preços tabelados. Algumas dessas empresas fecham pacotes com os principais passeios e isso pode ser vantajoso, mas fique esperto para não ser tudo muito corrido.

Outra dica importante é negociar. Se estiver em grupo de três ou mais pessoas exija um bom desconto. Se não conseguir, avance para a porta ao lado e faça uma proposta. No Centro há muitas agências disputando a grana dos turistas e você pode se dar bem com isso.

Vamos ver como ficou o nosso orçamento de viagem, lembrando que a cotação da moeda chilena é a da data de publicação deste post, e que os preços levaram em conta um estilo de viagem econômica, mas sem chances perrengues.

PESO CHILENO

REAL

HOSPEDAGEM
Diária em hotel

35.000

200,00

Diária em hostel

12.000

70,00

ALIMENTAÇÃO
Café da Manhã

3.200

18,27

Almoço

8.000

45,63

Jantar

8.600

49,05

TRANSPORTE
Ônibus de Calama

8.900

50,77

Ônibus de Santiago

23.800

135,76

ATRAÇÕES TURÍSTICAS
Vale de la Luna

8.000

45,63

Laguna Cejar

10.000

57,04

Lagunas Altiplanicas

20.000

114,08

Termas de Puritama

19.000

108,38

Geisers del Tatio

15.000

85,56

Aluguel de bicicleta

3.000

17,11

O post Quanto custa viajar para o Atacama apareceu primeiro em Pé na Estrada.

Pé na Estrada

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *